atendimento 24 horas

fixo (13) 4040.4719 - Vivo (WhatsApp) (13) 9.9704.8523

Tratamento para Dependentes Químicos

Nosso Centro Terapêutico foi planejado com a finalidade de oferecer a máxima qualidade na prestação de serviços. Contamos com uma recepção, consultórios, suites, cozinha industrial, refeitório, sala de reuniões, sala de TV, academia e piscinas, todos estruturados com a finalidade de proporcionar um ambiente agradável e propício a recuperação.


 A Natureza da Dependência Química

É Síndrome - Dependência química é uma doença bio-psico-social ativada por uma predisposição da pessoa a desenvolver dependência a substâncias psicoativas que provocam alterações no estado de humor. É uma doença que pode ser reconhecida através de sinais e sintomas específicos. Um profissional especializado pode reconhecer de modo rápido e seguro a presença ou não da doença.

É Primária - É considerada primária provocando por si mesma problemas de ordem secundária, tanto clínicos quanto emocionais e psíquicos. Estes problemas decorrentes da dependência não podem receber tratamento eficiente a não ser que a doença primária seja controlada.

É Progressiva - Apresenta um curso progressivo e previsível, sem possibilidade de regressão, evoluindo para estados de maior gravidade se não for estacionada.

É Crônica - É crônica no sentido de que a dependência não deve ser encarada como um único ataque agudo, mas pelo seu caráter permanente, com uma vulnerabilidade continua aos sintomas da recaída. Pode evoluir para a fase terminal devido às drásticas alterações no comportamento e sistema de valores ético-morais, colapso mental/emocional, falência completa dos órgãos ou o suicídio.

É Tratável - A dependência química é tratável, embora não se possa curá-la. Seus sintomas podem ser detidos através da abstinência total de toda e qualquer substância química que altere o humor. Além da abstinência a vulnerabilidade do dependente químico à recaída, pode ser controlada através de mudanças permanentes no estilo de vida, atitudes e comportamento.